Como começar algo que não se sente pronto?

Como começar algo que psicologicamente não se sente pronto?

Como começar algo que, psicologicamente, não se sente pronto?

Porém adiar as tarefas e deixá-las sempre para depois consome energia psíquica e produz uma sensação de insatisfação consigo próprio. A isso, damos o nome de procrastinação.

Em tempos de pandemia temos mais tempo para fazer as coisas e por isso a tendência a procrastinar aumenta. Sem contar com a dificuldade que é a de estudar em casa, e ter que se adaptar a uma nova forma de vida.

Muito do autocuidado que tínhamos conosco em relação à nossa imagem era feito fora de casa: cuidar dos cabelos, unhas, da nossa pele…

Como colocar estes cuidados na nossa nova rotina?

É mais fácil deixar para depois, não é mesmo? Não estou saindo, ninguém me vê….

A procrastinação , é um comportamento difícil de modificar pois também nos traz um conforto temporário e uma sensação de prazer. No momento que decidimos não fazer, ele faz sentido!!

Então invés de pensa:

  • Não dou conta, depois eu faço…
  • Agora não vou fazer, é chato e demorado …
  • Não vai ser perfeito, farei de qualquer jeito então…

Aprender a refletir ou a esperar não é procrastinar. É autoconhecimento! Se olhar e entender:

  • O que é importante ?
  • Como eu faço isso?
  • Como eu posso melhorar?

Desenvolvendo o que chamamos de atenção plena, adquirindo maior consciência sobre seus pensamentos e sentimentos difíceis. Isto pode reduzir o estresse e aumentar a persistência em tarefas e melhorar a saúde. Observe mais o ambiente e a si mesmo. Preste mais atenção ao que está a sua volta. Veja com calma a proposta da tarefa a ser realizada, a entenda de forma clara, mesmo que para isto você leve algum tempo. Procure pensar mais antes de agir, somos muito apressados por soluções, e com isso nos tornamos pessoas muito impulsivas, e não compreendemos de fato a proposta ou o objetivo de fazer algo. Entendendo o motivo do porquê fazer podemos reduzir as crenças procrastinatórias e os comportamentos de deixar tudo para depois.